Pasolini e Candeias: a coexistência de estilos na obra de dois cineastas modernos.

Autores

  • Fabio Uchoa PPGIS/UFSCar

DOI:

https://doi.org/10.24858/179

Palavras-chave:

Estilo, Pier Paolo Pasolini Pasolini, Ozualdo Candeias

Resumo

Busca-se examinar a coexistência de estilos, tomada como traço do cinema moderno, partindo de sua definição entre a teoria literária e a teoria cinematográfica e passando ao exame das particularidades de tal fenômeno na produção cinematográfica do italiano Pier Paolo Pasolini, em particular no filme Accattone (1961), e na obra do brasileiro Ozualdo Candeias, com ênfase ao seu primeiro longa A margem (1967). 

Biografia do Autor

Fabio Uchoa, PPGIS/UFSCar

Possui Mestrado (2008) e Doutorado (2013) em Ciências da Comunicação pela ECA/USP. É Professor Colaborador do PPGIS/UFSCar, onde desenvolve pesquisa de pós-doutorado (CAPES-PNPD).

Referências

Livros.

AUERBACH, E. Mimesis. São Paulo: Perspectiva, 2007.

AUMONT, Jacques. As teorias dos cineastas. Campinas: Papirus, 2004.

BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 2006. [1929]

BENJAMIN, Walter . “Paris Capital do Século XIX”. In. KOTHE, Flávio R. Walter Benjamin. São Paulo: Ática, 1985. p. 43.

BERNARDET, J-C. O vôo dos Anjos. São Paulo: Editora Brasiliense, 1991.

BRANIGAN, E. “O plano-ponto-de-vista”. In: RAMOS, Fernão Pessoa (Org.). Teoria Contemporânea do cinema. Vol.II. São Paulo: Editora SENAC São Paulo, 2005. pp. 251-275.

DELEUZE, Gilles. A imagem-movimento. São Paulo: Brasiliense, 1985.

DIDI-HUBERMAN, G. Survivance des Lucioles. Paris: Les Editions de Minuit, 2009.

DOUCHET, Jean. “O corpo” In: OLIVERIA, Luis Miguel (Org.). Nouvelle Vague. Lisboa: Cinemateca Portuguesa/ Museu do cinema, 1999.

FABRIS, Mariarosaria. “A margem da redenção: observações sobre Accattone.” In. Revista de Italianística, São Paulo, 1993, ano 1, n.1, p.91-99.

GERARD, Fabien. Pasolini ou le mythe de la Barbarie. Bruxelles: Ed. de la Université de Buxelles, 1981.

LÖWY, Michael; SAYRE, Robert. Revolta e melancolia: o romantismo na contramão da modernidade. Petrópolis: Vozes, 1995.

LUKACS, Georg. “El film”. In. Estetica. vol.4 Barcelona: Grijalbo, 1967. p.191.

MACHADO JÚNIOR, Rubens. “Uma São Paulo de revestrés: Sobre a cosmologia varzeana de Candeias.” Significação, São Paulo, n. 28, 2007, p.119.

MELLO, João M. C. de; NOVAIS, Fernando A. “Capitalismo tardio e sociabilidade moderna.” In: NOVAIS, F. A.; SCHWARCZ, L. M. História da vida privada no Brasil. vol. 4. São Paulo: Companhia das letras, 1998. p. 560-657.

PANOFSKY, Erwing. Three essays on style. Cambridge: MIT Press, 1995.

PASOLINI, Pier Paolo. L' expérience hérétique: langue et cinéma. Trad. Anna Rocci Pullberg. Paris: Ramsay, 1989. [1972]

RAMOS, Fernão. Cinema Marginal (1968/1973) – a representação em seu limite. São Paulo: Brasiliense, 1987.

SCHAETTEL, Charles. L´art naïf. Paris: Presses Universitaires de France, 1994.

SCHAPIRO, Meyer. Style, artiste et société. Paris: Gallimard, 1982.

UCHOA, Fábio Raddi. Perambulação, silêncio e erotismo nos filmes de Ozualdo Candeias. (1967-83) Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) – ECA/USP, 2013.

UCHOA, Fabio. “Anotações sobre a perambulação automotiva, o Cinema Marginal e Aopção ou as rosas da estrada.” RUA – Revista Universitária do Audiovisual, São Carlos, 2014.

UCHOA, Fabio Raddi. “A São Paulo cinematográfica de A margem (1967).” Revista Movimento, São Paulo, n.3, Junho 2013.

VIANO, Maurizio. A certain realism: making use of Pasolini's film theory and practice. California: University of California Press, 1993.

XAVIER, I. “O cinema moderno segundo Pasolini.” In. Revista de Italianística, São Paulo, 1993, ano 1, n.1, p.108.

XAVIER, Ismail. O Cinema brasileiro moderno. São Paulo: Paz e Terra, 2001.

XAVIER, Ismail. Alegorias do subdesenvolvimento. São Paulo: Brasiliense, 1993.

Material de imprensa.

BIÁFORA, Rubem. “Um Pasolini Brasileiro.” O Estado de S. Paulo, 5 fev. 1967.

MOTTA, Carlos M. “O filme é como os outros deveriam ser mas não são.” O Estado de S. Paulo, 21 dez. 1967.

Downloads

Publicado

08/01/2016

Como Citar

Uchoa, F. (2016). Pasolini e Candeias: a coexistência de estilos na obra de dois cineastas modernos. Revista Diálogos Mediterrânicos, (9), 99–118. https://doi.org/10.24858/179

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.