Filosofia como modo de vida em Plotino

Autores

  • Bernardo Brandão Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.24858/71

Palavras-chave:

Plotino, filosofia antiga, Pierre Hadot

Resumo

Para Plotino, a filosofia não era apenas uma prática onde discurso, doutrina e argumentos possuem um papel fundamental, mas também uma ascensão em direção aos princípios primeiros da realidade. Neste artigo, investigo como essa vida filosófica é elaborada nas Enéadas, bem como suas relações com as ideias de anagogé, trópos e mekhané, pensando-a na perspectiva da obra de Pierre Hadot e suas noções de modo de vida e exercícios espirituais.

Referências

COOPER, J. Pursuits of wisdom: six ways of life in ancient philosophy, from Socrates to Plotinus. Princeton: Princeton University Press, 2012.

HADOT, P. O Que é filosofia antiga? São Paulo: Loyola, 2008, p. 18.

JAEGER, W. On the origin and cycle of the philosophical ideal of life. In: JAEGER, W. Aristotle: fundamentals of the history of his development. Oxford: Oxford University Press, 1948.

JAEGER, S. Envy of Angels: cathedral schools and social ideas in medieval Europe. Filadelfia: University of Pennsylvania Press, 1994.

MARROU, H. História da Educação na Antiguidade. São Paulo: EPU, 1975.

Downloads

Publicado

05/07/2013

Como Citar

Brandão, B. (2013). Filosofia como modo de vida em Plotino. Revista Diálogos Mediterrânicos, (4), 89–96. https://doi.org/10.24858/71